3.11.07

DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS - CHASSI

O que Quem Por quê
Direção dura. Todas Aperto excessivo da porca de ajuste da coluna de direção.
Rolamentos da coluna de direção defeituosos.
Pressão insuficiente nos pneus.
Direção puxando para o lado ou desalinhada. Todas Amortecedores direito ou esquerdo, ajustados irregularmente.
Garfo torto.
Eixo dianteiro torto.
Rolamentos da coluna de direção defeituosos.
Chassi torto.
Articulação da balança gasta.
Rolamentos da roda gasto.
Suspensão dianteira desalinhada.
Roda traseira desalinhada.
Trepidação da roda. Todas Aro empenado.
Rolamentos da roda gasto.
Pneu defeituoso.
Dificuldade em girar a roda. Todas Freio desajustado.
Rolamentos da roda com defeito.
Engrenagem do velocímetro defeituosa.
Alavanca ou pedal de freio sem resistência ou "borrachudo" Freio a disco. Bolhas de ar ou vazamentos no sistema hidráulico.
Pastilha/disco contaminados com óleo.
Retentor do pistão da pinça gasto.
Reparo do cilindro mestre gasto.
Pastilha de freio e/ou disco gastos.
Pinça de freio não desliza adequadamente.
Nível de fluido de freio baixo.
Passagem de fluido obstruída.
Disco de freio empenado ou gasto.
Pistão da pinça gasta.
Alavanca ou pedal de freio duro. Freio a disco. Pistão da pinça agarrando.
Pinça de freio não desliza adequadamente.
Passagem do fluido obstruída.
Retentor do pistão da pinça gasto.
Pistão do cilindro mestre travado.
Alavanca/pedal de freio torto.
Alavanca de freio dura ou demora para retornar. Freio a tambor. Mola de retorno gasta/quebrada.
Ajuste incorreto do freio.
Tambor de freio pegando devido à contaminação.
Sapatas de freio gasta na área de contato com o excêntrico.
Cabo de freio prendendo.
Excêntrico do freio gasto.
Sapatas de freio instaladas incorretamente.
Freio agarrando Freio a disco. Mangueira do freio obstruída.
Roda desalinhada.
Disco de freio empenado.
Pinça de freio não desliza adequadamente.
Freio com funcionamento deficiente. Freio a disco. Disco de freio contaminado com óleo.
Pastinhas gastas.
Problemas no reparo do burrinho.
Ar no sistema.
Nível do fluido de freio baixo.
Fluido de freio contaminado com água.
Freio a tambor. Ajuste incorreto do freio.
Lonas de freio gasta.
Tambor de freio gasto.
Excêntrico do freio gasto.
Sapatas de freio instaladas incorretamente.
Cabo de freio prendendo.
Lonas de freio contaminadas.
Sapatas de freio gasta na área de contato com o excêntrico.
Trepidação no freio. Freio a tambor. Lonas de freio gasta.
Tambor de freio gasto.
Lonas de freio contaminadas.
Suspensão macia. (baixa) Dianteira Molas do garfo fracas.
Insuficiência de fluido nos amortecedores.
Sistema antimergulho defeituoso.
Traseira Molas do garfo fracas.
Vazamento de óleo no amortecedor.
Vazamento de ar ou gás.
Regulagem incorreta.
Suspensão dura. Dianteira Componentes do garfo tortos.
Haste do amortecedor torta.
Excesso de fluido no amortecedor.
Cilindro interno do garfo empenado.
Passagem do fluido obstruída.
Pressão de ar nos amortecedores incorreta.
Traseira Componentes da suspensão montados incorretamente.
Regulagem incorreta.
Articulações empenadas.
Haste do amortecedor empenada.
Rolamentos/buchas de articulação danificados.
Ruidos na suspensão. Todas Cilindro externo ou buchas de guia gasto.
Insuficiência de fluido nos amortecedores.
Fixações dos amortecedores soltas.
Insuficiência de graxa nas buchas da balança.
Vibração anormal. Todas Suportes do motor danificados.
Trincas no chassi.
Problemas no motor.
Vazamento de óleo nas bengalas. Todas

Retentor avariado.
Tubo interno amassado, arranhado, empenado.
Nível de óleo exessivo.
Aperto exagerado da suspensão no transporte em pick-up.

Instabilidade. Todas Guidon incorreto.
Coluna de direção sem o aperto adequado.
Coluna de direção agarrando.
Garfo dianteiro operando de maneira desigual.
Desgaste não uniforme dos pneus.
Pressão incorreta nos pneus.
Rodas empenadas.
Rolamentos das rodas folgados.
Quadro empenado.
Balança traseira com folga.
Operação/regulagem amortecedor traseiro.

Um comentário:

Carol e Ana Tereza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Lista de Postagens