USAR AS "CORES" NA RUA

Só quando fizer sentido - Aqueles coletes e broches que usamos no motoclube contam uma história sobre nós, e sobre nossa organização. Às vezes, é a história errada que é contada.

Às vezes usamos eles quando passeamos com nossas motocicletas, e está tudo bem. Por exemplo, durante um passeio de exibição num evento motociclístico. Neste caso, nós estamos querendo dizer que somos organizados, que temos orgulho do grupo à que pertencemos, e queremos mostrar quantos de nós há, comparado com outros grupos.

Por outro lado, raramente faz sentido usar estas "cores" fora de um evento como o descrito acima.

Porque?

Porque o público leigo não faz idéia do que significam nossas cores. Tudo o que eles "sabem" é que, se vários de nós passam juntos por um lugar, uma "Gangue de Motoqueiros" passou por ali.

Existem lugares nas cidades grandes em que existem gangues de motoqueiros reais, e estas demarcam seu território usando as cores do seu grupo. Se você, por acaso, estiver usando as cores erradas, você pode levar uma surra, ou pior.

Por exemplo, o símbolo dos Hell's Angels (gangue de motoqueiros barra-pesada dos EUA) é parecido com o dos GWRRA (grupo de motociclistas honestos dos EUA). Não é novidade casos de agressão por parte dos Hell's Angels aos GWRRA, por causa do símbolo parecido.

A maioria dos policiais não anda de motocicleta, portanto, pode ser público leigo. Você quer *mesmo* que um policial te pare, por achar que você é membro de uma gangue?

A maioria dos nossos coletes tem broches, e estes tem alfinetes. Se você por acaso cair no chão enquanto estiver com um colete cheio de broches, vai descobrir bem rápido que a trava dos broches só impede que eles caiam no chão, mas não faz nada para impedir os alfinetes de furar seu corpo.

E finalmente, se nós estivermos usando um colete, então deve significar também que não estamos usando roupa protetora. (uma jaqueta de couro, por exemplo)

Use as cores com orgulho, mas só quando fizer sentido. E fora desses eventos, raramente faz sentido.

2 comentários:

Alves disse...

Caro irmão motociclista!
Agradeço seu altruísmo em compartilhar seus conhecimentos, creio que aprendeu no decorrer de várias experiências. Este blog está sendo de grande utilidade para mim, que apesar de ter uma certa experiência, nunca se é tarde para aprender algo mais.
Mas esta colocação sobre os MCs, creio que foi um tanto infeliz. Esse post só serve para uma coisa: aumentar entre os leigos a desconfiança para com os MCs, vc está denegrindo nossa imagem. Com este argumento, agora sim, realmente as pessoas estão pensando que somos um bando de desordeiros.
Pessoas ruins estão em todos os lugares, seja na escola, na igreja, nos cargos políticos e pq não nos MCs, mas não é por isso que devemos ter uma opinião genérica. Pense bem, seu blog é muito útil aos motociclistas, principalmente aos menos experientes. Então creio que não seja a sua intenção ser percursor de preconceito. Um grande abraço e parabéns pelo bolg.

Alves, 35 anos, casado, bem empregado, em dia com as obrigações militares, eleitorais e DVC nada consta.

Dorival Messa disse...

Realmente o blog é ótimo mas essa colocação sobre os coletes está furada! Faço parte de um MC e o que sinto é totalmente o contrário do que vc descreve. Onde há colete há amizade, independente de raça, religião e time de futebol rsrs, o conselho que dou é que vc participe de um bom evento para motociclistas para que vc entenda o que realmente está acontecendo nesse meio, do resto está ótimo, parabéns pelo blog.
Messa

Postagem em destaque

CAPACETE NO TANQUE? NC 750X - crossover

no Brasil R$ 28.990  Na crossover NC 750X, a Honda não apenas aprimorou o conjunto, mas também procurou potencializar as principais carac...