25.10.07

SÓ PORQUE ESTÃO DE PÉ

Não quer dizer que não estejam feridos - Você acabou de sair de uma curva, e ve seu companheiro derrapar e sofrer um acidente. Entretanto, antes que você possa parar e descer de sua moto, seu amigo está de pé. Você respira aliviado.

Há algumas coisas pouco óbvias a se lembrar nesta situação.

O corpo da vítima estará completamente inundado de adrenalina. É perfeitamente possível que, sem esta adrenalina, ela não conseguisse nem se mover. Entretanto, sua condição será enganosa, porque parecerá alerta, forte e saudável.

Os ferimentos nem sempre são aparentes. A vítima pode estar consciente e coerente, mas sofrendo de diversos ferimentos ocultos, e perigosos como: danos na coluna, sangramento interno ou concussão.

A vítima estará confusa, e poderá tomar decisões erradas.

Consequentemente, eu recomendaria o seguinte para tudo, a não ser a mais trivial das quedas:

Imobilize a vítima tão rapidamente quanto possível, para impedir o agravamento de ferimentos na coluna. Se possuir um, coloque um colar cervical ao redor do pescoço dela. Não remova o capacete e não permita que a vítima o remova.

Chame uma ambulância tão rápido quanto possível, apesar dos protestos da vítima. Não chame os amigos, parentes, etc. Somente uma ambulância pode fornecer o melhor transporte, principalmente se há algum dano na coluna que passou despercebido.

Tratar de um paciente consciente é pior do que um inconsciente. Se possível chame mais pessoas, para aumentar sua capacidade de persuasão.

A vítima provavelmente vai estar preocupada com o estado da motocicleta. Lembre-a que a moto pode ser consertada mais tarde. Se possível, arranje para que alguém se encarregue da moto. Se a vítima perguntar a respeito, diga a verdade. Se ela achar que você está mentindo, vai querer ver por si mesma.

Assegure a vítima que sua moto será bem tratada. Pergunte para onde gostaria que fosse levada, e arranje (se conseguir) para que seja levada para este local depois. Seu dever é manter a pessoa tão quieta quanto possível até que o socorro chegue.

Lembre-se que a vítima pode estar seriamente ferida, apesar de sua capacidade de sorrir e fazer piadas a respeito da queda. Além disso, estará cheia de adrenalina, e poderá querer discutir sobre o tratamento recomendado.

Todos estes comentários são baseados numa experiência que tive, quando uma vítima aparentemente saudável estava de fato com danos extensos nos tecidos moles, e com leves danos na coluna, em consequência de uma queda quase fatal.

Eu estava pensando claramente o suficiente para forçá-la a ir ao hospital, mas não claramente o bastante para ver que, só porque estava andando, não estava ferida. Por causa disto, a fiz sentar no chão (mas não a mantive deitada), e arranjei um carro para levá-la. O ideal seria uma ambulância, pois nela a vítima vai deitada e não agrava danos na coluna. No carro, ela poderia ter ficado paralítica. Felizmente, no hospital ela recebeu tratamento adequado quando detectaram estes ferimentos invisíveis.

Veja as dicas de Nick Marks, um enfermeiro que já resgatou diversas vítimas de acidente:

A parte sobre não remover o capacete é crítica. A menos que você tenha treinamento especial para fazer isto (e requer duas pessoas), não tente fazê-lo. Se a vítima estiver inconsciente, e acordar de repente, provavelmente vai estar claustrofóbica e vai querer o capacete removido imediatamente. Especialmente se for um capacete integral. Ela pode até lutar para que ele seja removido. Não permita que seja removido, a menos que haja uma necessidade médica para isto. Mantenha em mente que se a pessoa ficou inconsciente, ou bateu sua cabeça, DEVE ser assumido que a pessoa possui lesões cervicais, até que o hospital prove o contrário.

Vi um acidente de automóvel onde o motorista parecia bem. Convencemos ele a vir conosco na ambulância (dizendo: "ou vem conosco ou a polícia te obriga a vir"). Nós fomos ditos mais tarde que ele teve um grande sangramento interno, e que estaria morto dentro de uma hora, se não o tivéssemos levado ao hospital.

Nick Marks.

Nenhum comentário:

Lista de Postagens