PILOTAGEM NO NEVOEIRO

Você já foi confrontado com a necessidade de pilotar no nevoeiro? Posso lembrar de muitos dias na serra onde fui surpreendido por um banco de nevoeiro. Aquilo me assustava, e com razão.

Se você não pode enxergar 2 segundos à frente do seu nariz, naturalmente você deve parar e desmontar.

Exemplo de nevoeiro fraco-médio

Existem diversos riscos que compreendemos, (como bater em algo que você não havia visto, ou que alguém baterá em você, pela mesma razão) mas creio que outro problema será você cair da moto, por aparentemente nenhuma razão.

Com a visibilidade limitada, você é incapaz de ver o horizonte. (imagine um nevoeiro mais cerrado que o da foto) As árvores que passam lhe dão uma sugestão da vertical, mas não com muita certeza. Em todo caso, se você estiver em uma curva e tiver que parar rapidamente, você não tem como saber se está na vertical ou não. Antes que você se de conta, a moto está caindo para um lado e não há maneira de parar. Tudo porque você não conseguiu ver o horizonte. (mesmo que não se olhe para ele conscientemente para saber a vertical)

Quem pensaria em algo assim?

Outro detalhe: ao dirigir no nevoeiro, as pessoas tendem a aumentar a velocidade sem perceber. Isto deve acontecer porque estamos acostumados a olhar para a paisagem para termos idéia da velocidade (quando não se olha para o velocímetro), mas quando há nevoeiro essa maneira deixa de funcionar tão bem.

Ao se ver preso num banco de nevoeiro forte, diminua a velocidade e pare no acostamento (se conseguir manter a moto de pé...). Encontre um local protegido, pois um carro ou outra moto pode sair da estrada sem querer, na sua direção.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

CAPACETE NO TANQUE? NC 750X - crossover

no Brasil R$ 28.990  Na crossover NC 750X, a Honda não apenas aprimorou o conjunto, mas também procurou potencializar as principais carac...