PILOTAGEM NA ESTRADA

* Ao viajar sozinho ou com um grupo, quando você se aproxima da 'crista' de um morro, fique afastado da linha central. Pois quando o tráfego contrário estiver visível, pode ser tarde demais para escapar, caso você encontre alguém trafegando na sua faixa (ultrapassando, por exemplo)
* Ao andar em um grupo, é mais importante colocar o piloto mais experiente como drag bike (na última posição), do que colocar esta pessoa como líder. Afinal, esta pessoa é a primeira que precisaria lidar com um acidente, e também está na melhor posição para observar um novato no grupo (e talvez recomendar que este novato mude para outra posição). Além disso, é a pessoa que garante as mudanças de pista para o grupo. Esta é a função com mais responsabilidade e atividade, e merece o melhor, não o pior do grupo.
* Ao andar em um grupo, a mudança de pista para uma mais lenta do que a atual, deve ser feita como você faz ao passar um carro - um de cada vez, do líder à drag bike. A drag bike é a última a mudar de faixa. Observe que quando o líder entrar na pista lenta e mantiver a velocidade, o buraco na pista alvo começa a ficar maior e todos podem se mover (um por um) com o mínimo de tempo. Somente depois que a última moto mudou de pista, as velocidades do grupo podem ser alteradas (diminuídas) para assegurar que todos possam entrar na pista nova. Note, que isto supõe que há uma abertura suficiente a frente do carro que está sendo passado. Caso não, uma manobra último-ao-primeiro é melhor (a moto líder retardará o grupo, ao saber que a última moto obteve a pista). A escolha é feita pela moto líder. * Ao andar em um grupo, a mudança para uma pista que está indo mais rápida, deve ser feita de trás para frente - a drag bike obtém a pista, e as outras mudam somente após a moto da traseira ter mudado também, e somente após a confirmação pessoal de que a manobra é segura. Isto porque com a drag bike em posição, mantendo sua velocidade original, 'o buraco' na pista começa a crescer na frente dele. Se você esperasse até que o buraco fosse grande o suficiente para todos mudarem ao mesmo tempo, provavelmente algum carro iria se meter no meio.
* A moto deve ser parada com os dois pés no chão. Pois no caso de usar um pé só, e haver uma mancha de óleo no chão, você escorregaria e a moto poderia cair. (obviamente, você não põe os pés no chão até que a moto esteja parada)
* Costumava-se ensinar que você pára com seu pé direito no chão e outro na pedaleira. Isso foi mudado para o pé esquerdo no chão, de modo que você possa manter seu pé direito no freio. Mas mesmo assim, sua moto não fica vertical com somente um pé no chão. Se você precisar fazer uma partida rápida (para sair da frente de alguém, por exemplo), leva mais tempo para fazer isto com um pé em vez de dois. Isto, porque você deve endireitar a moto enquanto você anda, o que causa uma partida mais errática, e você deve primeiro tirar seu pé direito do freio – isto consome tempo. E mais, você pode provavelmente segurar uma moto pequena com um pé, mas uma moto maior é outro caso. (há sempre exceções à regra, naturalmente. Se você estiver parado em um sinal, numa lomba com grande inclinação, seu pé direito permanece no pedal de freio. Similarmente, em uma parada de emergência você pára ainda com seu pé no freio traseiro)
* Seus espelhos somente dizem NÃO. Isto é, se você enxergar 'problemas' em seus espelhos, eles estão dizendo para não se meter nesse problema. Se não lhe mostrarem um problema, não é como se estivessem dizendo SIM, tudo livre. É necessário conferir sempre com os próprios olhos.
* Se algo for brilhante ou preto na estrada, escolha uma faixa diferente. Só porque você está em formação, não significa que você tem que permanecer fixo em sua posição. Há uma pista inteira à disposição, sem fechar outros motociclistas. Você pilota em formação alternada para ter espaço de manobra, no caso de necessidade. Por isso, desvie, pois pode ser óleo. Andar na estrada tem algumas regras de sobrevivência importantes, que muita gente não se dá conta: * Supondo que você esteja na faixa lenta, e se aproxima de uma rampa de entrada (de outro lugar para sua pista), confira se não tem ninguém vindo da direita. Igualmente importante, se você estiver aproximando uma rampa de saída (da sua pista para outro lugar), faça uma verificação à ESQUERDA (e descubra que há um carro que está prestes a cortar sua frente, para fazer essa saída...)
* Se você tiver pistas para escolher, a segunda pista mais rápida é uma boa escolha. Isto permite que os apressadinhos passem por você, e também é onde há menos mudança de pista. * Não há nada mágico ou sagrado em evitar a trilha central da sua pista. Os detritos ficam geralmente nas laterais da estrada. Como não se para no meio estrada, a trilha central não é significativamente mais oleosa do que as trilhas laterais. Assim, em situações com muito vento, favoreça a trilha central. Passando entre dois caminhões, use a trilha central. Andando na pista rápida, se houver um guard rail ou um muro de contenção, use a trilha central.

Um comentário:

Marcio disse...

Gostei muito das dicas! Estou começando agora no universo das motocicletas, buscando informações de pilotagem e encontrei dicas importantes aqui, parabens!

Postagem em destaque

CAPACETE NO TANQUE? NC 750X - crossover

no Brasil R$ 28.990  Na crossover NC 750X, a Honda não apenas aprimorou o conjunto, mas também procurou potencializar as principais carac...