A MAIORIA DOS ACIDENTES

Não são do tipo "ele não me viu" - Um grande número de pessoas pensa que a maior parte dos acidentes nas estradas, com motocicletas, são causados por automóveis vindos no sentido contrário, que por algum motivo dobram à esquerda sem ver a moto. Apesar de isto acontecer, aqui vão alguns dados oficiais sobre os acidentes com motos:

Sair fora da estrada, geralmente numa curva, e muitas vezes envolvendo álcool, é o acidente "solitário" (sem outros veículos envolvidos) mais comum. 41% de todas as mortes com motos são causadas por este tipo de acidente. É mais do que o dobro da porcentagem das outras causas.

Avanço de sinal vermelho, geralmente pelo outro veículo, é a segunda causa de morte mais comum, com 18% do total de acidentes.

Colisões frontais, com o tráfego contrário, soma 11% ao total de acidentes com mortes. Muito poucas vezes foram em cruzamentos. Metade foram em retas, e outra metade em curvas. Destes, 58% foram atribuídos à incapacidade do piloto de se manter na faixa, e velocidade excessiva.

Colisões em que algum veículo dobra à esquerda, para cruzar a outra faixa, respondem por 8% do total. Estas curvas quase sempre foram feitas pelo outro veículo. Este tipo de colisão geralmente ocorre em cruzamentos (69%) e em saídas de garagem e becos (7%).

Queda da motocicleta, quando o piloto perde o controle da moto, e quando ele se joga no chão de propósito, somam o total de 7% do total. Geralmente isto ocorre em estradas niveladas, retas e secas.

Todos estes tipos de acidentes dão o total de 85% de todas as fatalidades. Existem outros tipos de morte (enfarte, queda de ponte, etc) que preenchem as estatísticas até 100%. Não mais que 20% dos acidentes são do tipo "ele não me viu". Isto dificilmente é a maioria dos acidentes, como muitos pensam.

Tome cuidado para não sofrer estes tipos de acidentes. Sabendo quais tem maior probabilidade de acontecer, você poderá tomar cuidado extra com as situações em que eles ocorreram. Por exemplo, você pode andar sempre de farol aceso (dia e noite) para aumentar a visibilidade da sua moto. Você pode fazer as curvas mais devagar. Você pode entrar devagar em cruzamentos, para conseguir frear a tempo se necessário. E assim vai...

Um comentário:

Emanuel Costa disse...

No trânsito urbano costumo pilotar com os faróis acesos em luz alta durante o dia, e em luz baixa durante a noite. Está correto esse procedimento? Uso luz alta durante o dia na intenção de me tornar mais visível aos motoristas.

Postagem em destaque

CAPACETE NO TANQUE? NC 750X - crossover

no Brasil R$ 28.990  Na crossover NC 750X, a Honda não apenas aprimorou o conjunto, mas também procurou potencializar as principais carac...