HÁ MAIS NA TRAÇÃO

Do que atrito - Uma boa definição para tração seria: "atrito adesivo". Esta propriedade adesiva dos pneus assegura que realizemos nossas manobras, das mais simples às mais difíceis.

O pneu se deforma para 'agarrar' as imperfeições da estrada. Assim, ele gruda no chão e não solta facilmente. Tente, por exemplo, empurrar sua moto pela lateral, a 90 graus com as rodas. Vai ser difícil ou impossível, pois os pneus estão agarrados ao chão.

A tração efetivamente combina o atrito da borracha com o peso da moto, que empurra esta borracha contra o pavimento, fazendo com que fique difícil de deslizar. Alguns pneus aguentam uma força de 2 G antes de derrapar, o que resulta numa frenagem brutal! Para atingir estes números, só em estudos controlados, com condições ideais, não sendo possível atingir estes números em condições reais de pilotagem. Mas serve para ter uma idéia da força adesiva do pneu. Em geral, os pneus normais atingem 1.1 G antes de derrapar.

A borracha do pneu é, a nível microscópico, um conjunto de moléculas longas, ligadas entre si de forma entrelaçada. Esta ligação permite que o pneu permaneça um conjunto coeso, ao invés de diversas moléculas individuais. Quando estas ligações são quebradas, o pneu se desfaz, por exemplo, quando você trava as rodas e fica um rastro de borracha no chão.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

CAPACETE NO TANQUE? NC 750X - crossover

no Brasil R$ 28.990  Na crossover NC 750X, a Honda não apenas aprimorou o conjunto, mas também procurou potencializar as principais carac...