25.10.07

ADITIVOS DE TEFLON

Não são boa idéia - O produto Slick 50 é um composto relacionado ao PTFE (pó de Teflon suspenso no óleo). Pó, você vai notar, é um sólido. E seu filtro de óleo é projetado para remover os sólidos do óleo. Testes mostraram que os filtros de óleo se obstruem substancialmente mais cedo quando o Slick 50 é usado. Os fabricantes do produto alegam que o tamanho das partículas do Teflon é menor que o tamanho dos poros do filtro, e que sendo assim, passa por este sem problemas. O que eles não dizem é que estas partículas se expandem rapidamente quando aquecidas - de modo que passam livremente pelo filtro com o motor frio, mas não depois que este atinge temperaturas normais de funcionamento. Os testes também mostraram que os dutos de óleo se estreitam e se obstruem quando o PTFE é usado.


Testes? Por quem? São confiáveis? Resposta: feitos por organizações como NASA, Universidade de Engenharia de Utah - EUA, e mesmo a DuPont Química - a corporação que inventou o PTFE e que fornece PTFE ao fabricantes destes óleos 'mágicos'.

Espere! Então eles vendem PTFE às companhias, como a que fabrica o Slick 50, e no entanto dizem que este mesmo produto obstrui os dutos de óleo? Não exatamente. O especialista da divisão de Polímeros da DuPont, J.F. Imbalzano, havia dito:

"O Teflon não é útil como um ingrediente nos aditivos ou nos óleos para motores de combustão interna."

E a DuPont se recusou a vender PTFE a qualquer um que pretendesse fazer isto. Naturalmente foi processada, com base em "restrição de atividade". A DuPont perdeu, e agora vende o PTFE para estas empresas. Mudou sua posição para:

"Não temos provas da validade das reinvindicações dos fabricantes de aditivos."

"Não temos conhecimento de alguma vantagem ganha através do uso do PTFE em óleo de motores."

A pesquisa da NASA também analisou óleos com aditivos de PTFE e concluiu:

"Na superfície de contato de rolamentos, não vimos nenhum benefício. Em alguns casos vimos um efeito prejudicial. Os sólidos do óleo tendem a se acumular em certos locais e agem como uma represa, obstruindo o caminho do óleo. Em vez de ajudar, está privando as peças de serem lubrificadas."

O fabricante do Slick 50 alega que o Teflon se liga ao metal, deixando-o liso, nivelando suas imperfeições. O químico principal da Redline Synthetic Oil Company, Roy Howell, diz:

"Para fixar Teflon ao metal, é necessário uma superfície absolutamente limpa, alta temperatura e vácuo. Consequentemente, é altamente improvável que o Slick 50 se fixe à superfície do metal no interior de um motor. Alem disso, o coeficiente de atrito do Teflon é bastante maior, que o de um filme de óleo no metal."

Bem, você já entendeu o resultado. Produtos de PTFE como Slick 50 obstruem filtros de óleo e dutos, resultando em desgaste mais rápido do motor. E além do mais, o Teflon não é tão escorregadio quando um filme de óleo no metal.

Nenhum comentário:

Lista de Postagens